Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Rubrica Tecnologia #9 - Volantes para Gaming

 Olá a todos.

 

Numa viagem com a família há uns meses visitamos o Pena Park hotel e lá tinha uma sala com simulador de voo em realidade virtual e um jogo de corridas com volante, pedais e uma estrutura com banco e TV.

 98985886.jpg

 

Gosto dos dois conceitos tanto o de VR como o jogo de corridas, e é do ultimo que falo hoje.

Fiquei desde aí com essa experiência na memória e a ponderar os custos inerentes a ter uma coisa dessas em casa.

Eu sou um gajo de jogar shooters e pouco mais, mas não deixa de ser verdade que jogar um Dirt 3 com um teclado não tem grande piada, mas se juntarmos um volante a coisa fica substancialmente mais interessante.

 

Por isso este post será o 1º de 3 posts.

1º Volante

2º Estrutura

3º TV

 

Andei a pesquisar marcas, modelos e o mais importante...preços.....ouch....a brincadeira pode sair cara!

 

Do que existe no mercado para o consumidor "normal" há 2 modelos e marcas que se destacam , o Logitech G29 e o Thrustmaster t300rs, andam ambos pelos 300€ que com extras podem ir aos 400/500€.

Assim de coração partido tive de pôr de lado a ideia, não só pelo preço como pelo facto da minha gráfica (HD7870) estar a dar as últimas, apesar de correr um Dirt3 com tudo no "máximo", mas jogos mais recentes ela começa a pegar fogo, por isso mais rápido vou ter de gastar uns 200€ numa gráfica nova do que num brinquedo destes.

 

Mas ainda tenho uma réstia de esperança pois trabalho com um rapaz que teve a sorte de encontrar no OLX o thrustmaster t300rs quase novo por 100€, por isso vou andando atento a ver se encontro um desses negócios fantásticos.

(Encontrei) Na passada black friday na worten o Thrustmaster t300rs por 280€, em vez dos 350€. ((link aqui)

 

IMG_30112017_122506.jpg

Se tiverem volantes e jogos de corridas que queiram partilhar, deixem o vosso comentário.

 

Abraços, 

by o marido!

 

A saga do Natal...como explicar às crianças!

Adoro o Natal...relembro com todo o carinho da minha infância...como adoro qualquer aniversario de família...festa da terrinha...pois estamos sempre juntos. Mas agora com os filhos, a internet e a televisão e a dose de realismos que eu e o pai temos, isto fica meio difícil gerir expetativas.

 

Relatarei a organização do nosso Natal noutro post para trocarmos impressões ou ideias...hoje fica aqui isto:

natal.jpg

Fizemos uma limpeza aos brinquedos cá de casa...ao principio dizia que tinha de ser porque já não os usávamos. Para o fim aproveitei-me do Natal e expliquei à Gabriela que se queria mais brinquedos no Natal teria que arranjar espaço e assim doar alguns. Levámos imensos para o infantário dos garotos, outros tantos para a minha sobrinha de 11 meses -  a partilha em post aqui, o desapego

 

Depois descartei-me de responsabilidades e mandei ela pedir ao Pai Natal...não havia anúncio que escapasse...coitado do Pai Natal... Disse então à Gabriela para pedir somente um, pois o pobre homem tinha que entregar a muitas crianças, numa só noite. A miúda andava desolada...com pena lá lhe expliquei que iria receber um da mãe e do pai, outro dos avós, outro das tias (tem a sorte de ter 3), de alguns amigos...mais o do Pai Natal e isso já seriam muitos presentes.

 

Algures neste mês de novembro conversava com a educadora sobre isto...e o fato de eu e o marido só comprarmos um presente (na verdade são dois, um nosso e outro do pai natal). Coincidência ou não ela afixou este texto no quadro dos recados aos pais e destacou algumas partes:

WhatsApp Image 2017-11-24 at 16.19.34 (4).jpeg

WhatsApp Image 2017-11-24 at 16.19.34 (5).jpeg

Até nas promoções resistimos...fomos poupando desde Janeiro para os 50% desconto em cartão do continente - o post tarefa de hoje comprar brinquedos

 

Ahh ahh parece que estamos a fazer tudo bem:)

 

 

 

 

Fundo de emergência - dica poupança

Antes de contar a minha experiência, para quem não souber o fundo de emergência é o montante aconselhável de poupança que se deve ter no mínimo.

emer.jpg

 

Depois vêm as questões:

 

para quê? 

O objetivo é ficar salvaguardado em caso de acidente, doença, despedimento, avaria de eletrodomésticos, de carro...

 

quanto?

Vi há uns anos num programa dos EUA a dizer 6 a 8 salários, pois em situação de desemprego esta seria a média até encontrar novo emprego. Por cá a Deco aconselha 5 a 6 salários. 

Já encontrei outras informações como o fundo de emergência pode ser o equivalente a 6 meses de despesas, em vez de 6 salários.

 

quando?

Assim que se começa a trabalhar. Devemos portanto ensinar os nossos jovens a guardar 5 a 10% do seu salário para este fundo.

 

580€ salário mínimo (em 2018, ignoremos subsídios e impostos), 5% é igual a 29€/mês de poupança...vamos demorar 10 anos até ter o fundo de emergência ok para 6 meses...o que pode ser desencorajador...se passarmos a poupança para 10%, serão 5 anos...

o ideal é juntar o quanto antes e depois enriquecendo esse fundo com o hábito do 5% ou 10%.

 

Lembro-me quando estava em estágio (6 meses) ganhava 300€...depois comecei a trabalhar e morava com a minha irmã, ganhava à volta dos 600€. Estive lá por 6 meses, ao fim desse tempo aventurei-me e aluguei uma casa no centro do Porto por 250€/mês, assumi as despesas da casa, as viagens de comboio até Aveiro, e alguma mobilia.

 

Resumindo...preparei parte desse fundo quando ainda não tinha quase despesas...hoje em dia fica mais dificil...mas havendo rigor...retira-se para logo a seguir ir repondo!

 

Estando este ok, partimos para outros objetivos...uma grande viagem? um carro novo?uma casa?

 

 

Descascar Romã num robot de cozinha!

Parece fácil...mas ainda tivemos que tentar 4 vezes até chegar a algum lado.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 16.19.34 (2).jpeg

Vi num grupo do facebook alguem que na Bimby fazia esta proeza em 2 seg...na Monsieur Cuisine diria que são necessários 4 a 5 seg, em velocidade 4.

 

Paciência para escolher as cascas e peles...e voilá!

WhatsApp Image 2017-11-24 at 16.19.34 (3).jpeg

 Vejam o video se tiverem curiosidade de ver as tentativas/Fail's.

 

De: http://lifestyle.sapo.pt/saude/peso-e-nutricao/artigos/os-beneficios-da-roma

Porque é tão saudável?

    • Não tem gordura nenhuma, apenas hidratos de carbono (e mesmo assim em quantidade reduzida) que dão energia de forma imediata, e um elevado teor de água, que lhe confere uma incomparável suculência e ajuda a manter o corpo saudável e hidratado.
    • Tem uma quantidade significativa de potássio, o que, aliado ao seu reduzido nível de sódio, ajuda a repor o nível hídrico das células. Isto traduz-se numa recuperação mais eficaz da saúde das células, melhorias no sistema nervoso e muscular, e redução da tensão arterial.
    • É rica em substâncias antioxidantes (flavonóides, pró-vitamina A e vitamina C, bem como taninos, substância responsável pela sensação áspera do sabor da romã) que ajudam a controlar os níveis de colesterol.
    • Possui ainda uma acção anti-inflamatória, digestiva e purificadora do sangue.

Pág. 1/5